Segunda-feira, 12 de Dezembro de 2011

two lost souls.

Já passou quase um ano. Muitas memórias, tempo perdido, palavras esquecidas e longos silêncios. Os nossos corações perderam-se no mundo. Desperdiçamos lágrimas e saramos feridas, percorremos sentimentos sumidos e almas quebradas. Foram mais as despedidas do que as vitórias, mas no final, o teu amor venceu. Estivemos perto do paraíso, mas ainda mais perto da realidade, rimo-nos mil vezes da mesma piada e choramos em leite derramado. Dissemos palavras sem significado e fizemos promessas que nunca cumprimos. Perdemos a noção do tempo e do espaço, caminhamos por lugares vagos e sem qualquer existência. O teu rosto pálido e o meu corpo estreito e cansado estavam entregues ao destino. Vivemos aquilo a que chamamos de primeiro amor embora nenhum de nós saiba realmente o que isso significa. Se perdias a voz, eu cantava para ti. Se caías, eu caia contigo, incapaz de fugir ao prazer imediato, ao amor impaciente e inquieto. Somos fruto do acaso, alheios à mudança. Viciados em emoções. E mesmo agora que não te vejo, continuamos ligados, pelo passado, por todos os planos que fizemos para o futuro. Vou ter saudades. Sem ti, eu não estou a viver. Estou apenas a matar tempo.

publicado por R. às 22:36
link. | comentar |
31 comentários:
De Beatriiz a 3 de Janeiro de 2012 às 22:30
Este texto está simplesmente sublime, escrito com o coração na ponta dos dedos e a alma a servir de alento.
Admiro como consegues transparecer cada sentimento em cada linha, não poderia estar melhor. De certo modo identifico-me com o que escreves-te, deixa-me ser eu agora a dar-te um pouco do meu alento. A vida não pode ser planeada pois o destino prega-nos inúmeras partidas que nos fazem perder anos, meses e por vezes a vida toda, talvez sejamos um pouco vítimas de nós próprios por escondermos tudo o que temos e somos na dor.
Devias seguir em frente, deixar de afogar as magoas no teu coração'zinho ainda cicatrizado e trazer para junto de ti alguma paz.
Às vezes simplesmente não dá porque assim teve que ser, acredita que o futuro te reserva coisas ainda mais intensas. Mas não te mentirei, o primeiro amor marca de uma forma tragicamente profunda e irreversível.

De Cate a 7 de Janeiro de 2012 às 11:19
esta perfeito, adorei.
De hope a 9 de Janeiro de 2012 às 14:33
Olá, adorei o teu blog! Estou a seguir-te :) **
De Cate a 29 de Janeiro de 2012 às 00:54
esta tao bonito *.*
De i. a 1 de Fevereiro de 2012 às 18:16
olá ritinha, é a inês do dirtylittlesecrets.
é só para te avisar que este é o meu novo blog, já te sigo como é óbvio!
beijinho grande, miss you <3
De Tea & Coffee a 2 de Fevereiro de 2012 às 23:22
Ohh que texto tão fofinho *w* gostei muito!
Beijinho
De fashionholic a 6 de Fevereiro de 2012 às 14:42
ohh, acertaste :)
De Joana a 23 de Fevereiro de 2012 às 17:49
O WOMENSECRET(http://http://womensecret.blogs.sapo.pt) foi um dos blogs de moda mais populares de Portugal e agora está de volta com as melhores dicas sobre cabelos, roupas, moda, novas tendências, e tudo o que precisas para estares bonita e glamourosa, estou aberta a sugestões e procuro pessoas que queiram juntar-se a equipa para isso contacta-me(womesecret.pt.to@hotmail.com) passa pelo site dá as tuas sugestões e põe um gosto na nossa página de facebook. Conto com vocês. :b
De maraft ♥ a 23 de Março de 2012 às 20:43
obrigada :)
De i. a 28 de Março de 2012 às 12:47
ritinhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!
juro-te que fico chateada se deixares de dar notícias durante tanto tempo :c
mega saudadeeeeees, obrigada pelas palavras lindas que me dizes sempre :) <3

Comentar post

I'll stay through it all :)

No Sentido Literal ♥