Segunda-feira, 26 de Julho de 2010

last night .

Quando tudo desaba e nada faz sentido ou nada parece fazer parte daquilo que idealizei, ainda arranjo espaço - ou talvez força e coragem - na minha alma perdida para te fazer sorrir todos os dias. Para te prender bem perto do meu coração e não deixar que te magoem. Agarrar-te com muita força e proteger-te, até de ti mesmo. Dizer-te as palavras certas ou aquelas que queres ouvir. Porque enquanto o mundo gira todo à tua volta, aprendemos que os obstáculos existem para provar que quando amamos não desistimos dessa pessoa por nada, mesmo que sejamos incapazes de perceber o porquê dessas dificuldades. Tudo se resume a dois olhares imortais, parados no tempo e no espaço, sem hora para voltar.

publicado por R. às 21:47
link. |
De Filipa a 29 de Julho de 2010 às 05:39
Já visito o teu o teu blog regularmente há algum tempo mas nunca tinha comentado. Quero aproveitar para dizer que adoro ler o que escreves, identifico-me imenso com o que leio e acho que tens imenso jeito. Acho que ias gostar duma banda chamada Lady Antebellum, parece-me que tem algo a ver contigo.
Beijinhos e continua assim
Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.