Segunda-feira, 12 de Dezembro de 2011

two lost souls.

Já passou quase um ano. Muitas memórias, tempo perdido, palavras esquecidas e longos silêncios. Os nossos corações perderam-se no mundo. Desperdiçamos lágrimas e saramos feridas, percorremos sentimentos sumidos e almas quebradas. Foram mais as despedidas do que as vitórias, mas no final, o teu amor venceu. Estivemos perto do paraíso, mas ainda mais perto da realidade, rimo-nos mil vezes da mesma piada e choramos em leite derramado. Dissemos palavras sem significado e fizemos promessas que nunca cumprimos. Perdemos a noção do tempo e do espaço, caminhamos por lugares vagos e sem qualquer existência. O teu rosto pálido e o meu corpo estreito e cansado estavam entregues ao destino. Vivemos aquilo a que chamamos de primeiro amor embora nenhum de nós saiba realmente o que isso significa. Se perdias a voz, eu cantava para ti. Se caías, eu caia contigo, incapaz de fugir ao prazer imediato, ao amor impaciente e inquieto. Somos fruto do acaso, alheios à mudança. Viciados em emoções. E mesmo agora que não te vejo, continuamos ligados, pelo passado, por todos os planos que fizemos para o futuro. Vou ter saudades. Sem ti, eu não estou a viver. Estou apenas a matar tempo.

publicado por R. às 22:36
link. |
De maryjane a 5 de Maio de 2012
que linda resposta! *.*
e que linda musica <3'

...
nem sempre as memorias são como sonhos, podem ser assombrações. mas td depende se transformas os teus sonhos em assombrações ou se as assombrações porque passas se podem tornar sonhos! depende de ti *
Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.